Comprar ou gerar leads: descubra o que é melhor para o seu negócio em mais um vídeo da Kaizen

Seja qual for a sua estratégia de marketing, um dos principais objetivos é capturar leads e consequentemente montar uma lista de contatos consistente com a qual sua equipe de vendas possa trabalhar.

Nessa hora, a primeira ideia que surge é cortar caminho e comprar uma lista de leads. Mas, certamente não vai demorar pra você perceber que essa prática, além de ser um crime previsto no código penal, não traz o resultado esperado e ainda pode levar o consumidor a ver sua empresa como inconveniente.

 Confira agora nossa opinião sobre o assunto: 

3 motivos para você não comprar leads

Desqualificação do Lead

Sem saber exatamente o processo através do qual o lead foi gerado, a probilidade de você estar trabalhando com leads desqualificados é sempre maior. Você somente terá 100% de controle sobre a qualificação do lead conhecendo sua origem e todos os momentos de conexão com ele.

Ausência de exclusividade dos leads

Os leads vendidos não são exclusivos, eles são gerados e vendidos como produtos. Logo, eles precisam render lucros para quem os gera, e quanto mais leads eles vendem para empresas diferentes, maior o lucro será. Dessa forma, fica claro que somente empresas focadas na criação de estratégias, e não em  vender leads, poderão transmitir a transparência necessária no processo para que sua empresa se sinta segura.

Falta de identificação com a sua empresa

Lembre-se que o conceito de lead está diretamente ligado a um potencial cliente, e se essa pessoa em nenhum momento interagiu com a sua empresa, nem te forneceu seu contato, significa que ela não te autorizou a abordá-la, o que diminui as chances de ela ver com bons olhos sua oferta. Isso se ela chegar a abri-la. Uma mensagem não esperada sempre corre o risco de ser marcada como spam, e provavelmente será.

Essa interpelação não desejada se tornou um problema tão constante e incômodo, que já a algum tempo, os melhores serviços anti-spams filtram e proíbem a importação de listas compradas, por classificarem essa prática como invasiva e antiética, já que não respeita a privacidade dos usuários. Sem falar que mesmo que a pessoa abra a sua oferta, ela dificilmente vai se identificar com uma marca que ela não reconhece e as chances de conversão são mínimas.

Gerar leads pode ser uma tarefa menos fácil que comprá-los, mas quando você convence alguém a lhe fornecer seu contato, já inicia um relacionamento que pode vir a ser duradouro e lucrativo para o seu negócio, uma vez  que a probabilidade dele ser qualificado para a venda é bem maior.

Por isso, fuja de promessas fáceis e invista no que realmente dá resultados. Invista no marketing digital de alta performance!

 

 

 

 

Tiago Flores Dias
Tiago Flores Dias Sobre o(a) autor(a)
Consultor de Marketing Digital, Growth Hacker e Empreendedor com mais de 18 anos de experiência de mercado, apaixonado por inovação e líder de uma das maiores agências de marketing digital de performance do país.

Siga-me


cadastre-se e receba novidades