Seja através do Inbound ou do Outbound Marketing, captar leads e gerar uma boa base com a qual trabalhar ainda é uma etapa fundamental de qualquer estratégia de marketing. A empresa pode nutri-los ou simplesmente encaminhá-los para o time de vendas, mas antes é preciso gerá-los.

Nos últimos anos a plataforma digital, como um todo, virou o lugar ideal para isso. Conheça agora 6 canais que você pode usar para captação de leads:

Redes sociais

As redes sociais se popularizaram a passos largos e constantemente investem em novidades. Hoje é praticamente impossível encontrar alguém que não esteja presente ao menos em uma delas, com perfis sociais ou profissionais.

Foi-se o tempo em que as redes sociais eram vistas como um espaço de simples interação social, agora são uma vitrine e uma valiosa ferramenta para gerar negócios e captar leads, inclusive de forma orgânica. Não há dúvidas que nos próximos anos algumas perderam força e novas surgiram, mas no momento Facebook, Linkedin, Instagram e Twitter, ainda são as com maior número de usuários e consequentemente as mais usadas pelo marketing digital.

Facebook

Elaborar uma fanpage empresarial é o primeiro passo para entrar no mundo das redes sociais, mas não basta criá-la e abandoná-la. É preciso atualizá-la constantemente e criar conteúdos que gerem engajamento.  Facebook não é Linkedin, a página pode ser profissional, mas para gerar aderência à marca é preciso ser atraente e não pesar no tom. Não escreva textos muito longos, se seu objetivo é ofertar um material opte pelo uso de links que gerem tráfego para seu blog ou site.

O ideal é balancear o conteúdo, com posts que falem tanto da sua marca, quanto de assuntos pertinentes que estejam ligados ao seu segmento.

Outro ponto importante é o uso de mídias, seja imagens, gifs ou vídeos. Nas redes sociais as pessoas precisam interagir e posts visualmente atraentes são ideais para isso.

Linkedin

O Linkedin ainda é pouco compreendido e nem sempre bem utilizado, mas mais que uma plataforma de promoção profissional, ele também pode ser bastante eficiente para promover marcas de empresas e gerar negócios, principalmente para o mercado B2B.

Diferente do Facebook, o Linkedin possui um perfil exclusivamente profissional e é o lugar ideal para publicações de conteúdos mais formais e direcionados.

Grandes negócios podem ser gerados através da visibilidade conquistada no Linkedin e boa parte deles acontecem principalmente a partir de uma rede de conexões relevantes, com outras empresas ou profissionais pertencentes ao seu segmento de atuação. Tenha em mente que o Linkedin não é uma rede social para gerar engajamento e não mensure o sucesso do perfil pelo número de curtidas e compartilhamentos nas suas publicações. O Linkedin é um espaço para análise formal e se sua empresa despertar o interesse certamente  ele será demonstrado de uma forma mais objetiva.

Instagram

O Instagram é uma plataforma basicamente visual então é preciso criatividade. Não foque apenas nas imagens do seu produtos, mescle com outras que possuam significado para seu público , use hashtags e invista em histórias para complementar.

Twitter

O Twitter tem uma limitação de caracteres que pode limitar o que você deseja passar e para usufruir dessa plataforma de forma eficiente é preciso criatividade, mas ela possui a vantagem de ter um público altamente engajado. Outra vantagem é que com a popularização recente dessa plataforma no Brasil, boa parte dos especialistas de qualquer área estão no twitter, se sua empresa faz negócios com o exterior melhor ainda, já que em outros países ele tem ainda mais alcance. Invista em imagens que expressem bem o que você deseja passar, seja atual,  e foque em interagir com os influenciadores da rede.

Mídia Paga

Se você quer captar leads de forma rápida e concentrar mais esforços em nutri-los, a mídia paga pode ser uma ótima opção e vem se tornando o primeiro passo de muitas empresas que estão iniciando sua estratégia de marketing digital. A maioria exige postagem patrocinadas dentro das redes sociais ou em mecanismo de buscas. Veja algumas:

Facebook Ads

Atua com posts patrocinados dentro do Facebook. São anúncios voltados a conversão, Lead Ads e Remarketing.

Google AdWords

Exibe usando a rede de pesquisa e de Display.

Linkedin Ads

Embora com um custo superior às opções anteriores, o Linkedin Ads exibe anúncios de forma extremamente segmentada e atua através de patrocínio de postagens publicadas na sua Company ou Show Case.

Instagram Ads

Recentemente o Instagram lançou atualizações bem interessantes para se reforçar como plataforma de anúncio. Ele atua através de planejamento de hashtags, call to action e landing pages.

Blog

De acordo com números da WebDAM, blogs têm levado campanha de Marketing B2B a gerarem 67% mais Leads do que aquelas que não usam blog, por isso se tornou o meio principal de geração de leads para os mercados B2B e B2C. Eles podem captar através de pop ups, guest posts e CTAs, por exemplo.

SlideShare

O slideShare pode não ser um plataforma tão popular quanto as redes sociais, mas possui mais de 60 milhões de visitantes únicos e é respeitada no meio profissional como distribuidora de conteúdo.

Você pode usá-lo para exibir suas apresentações comerciais ou técnicas e inserir CTAs, fazer chamadas para landing pages ou até inserir formulários nelas. É uma forma de se tornar referência no seu segmento e ao mesmo tempo gerar leads.

 

 

Tiago Flores Dias
Tiago Flores Dias Sobre o(a) autor(a)
Consultor de Marketing Digital, Growth Hacker e Empreendedor com mais de 18 anos de experiência de mercado, apaixonado por inovação e líder de uma das maiores agências de marketing digital de performance do país.

Siga-me


cadastre-se e receba novidades