A Taxa de Rejeição nos mostra a parcela de usuários que visitaram uma única página e a “abandonaram”. Veremos ao longo deste artigo que uma Taxa de Rejeição alta pode ser extremamente valiosa para o site.

Supondo que você está usando o Google Analytics, no guia Comportamento e em Visão Geral, podemos ver a percentagem do Bounce Rate (Taxa de Rejeição) do site.

Basicamente o que este número mostra é a taxa de pessoas que não realizaram nenhuma ação posterior ao entrar no site. Ou seja, caso você consuma este artigo por 30 minutos e feche o site, será contabilizado um ponto a mais para a Taxa de Rejeição. O Google é guiado por scripts e códigos, saber a real intenção de quem está consumindo o conteúdo e entender se está de fato sendo relevante ou não para ele, são fatores para serem analisados mais profundamente. Antes de falarmos sobre a solução para o seu Bounce Rate, vamos analisar mais afundo sobre esta métrica. Suponhamos que o usuário:O que a taxa nos induz a pensar é que estes números mostram o nível de engajamento dos usuários  e o consumo do conteúdo apresentado a eles na página de destino, porém, o que acontece na prática é bem diferente. O usuário:
 
 

 

 

 

 

  • Cheha até sua página;
  • Gosta do seu produto;
  • Olha o número de telefone;
  • Realiza a ligação e fecha a página;

Você tem um novo cliente em potencial, uma nova venda, porém, o script do GA (Google Analytics) não faz ideia da relevância da página pro usuário e muito menos do usuário para a página, mas como dito anteriormente, o Google segue Scripts, e o que as nossas linhas de código dizem? “Se o usuário não interagir com outras páginas e fechar esta, contamos como uma rejeição”. E lá se vai a Taxa de Rejeição sendo aumentada indevidamente.

Outro fato que podemos analisar é o seguinte:

  • Você envia um E-mail Marketing,

  • O usuário clica e cai na sua página,

  • Gosta do produto e quer realizar a compra,

  • No ato da compra, o usuário é jogado para fora do site para concluir o pagamento (com paypal ou pagseguro, por exemplo). Neste caso temos um usuário relevante, satisfeito e feliz, porém, BINGO! O Bounce Rate ganha novamente.

A Solução de Como Diminuir a Taxa de Rejeição: Acompanhando Ajustado

Existem inúmeras formas de otimizarmos o nosso Script do GA para obtermos diferentes números e dados no painel, inclusive mais robustas que a mostrada abaixo (apresentarei em novos artigos sobre o assunto), mas como a intenção deste conteúdo é mostrar de uma forma simples e rápida como melhorar os números, esta métrica serve perfeitamente!

O Google nos da a liberdade de adicionarmos funções diferentes para alterarmos a forma de ação do nosso Script do GA conforme nossas necessidades e objetivos de obtenção de dados. Como foi apresentado pelo Blog do Google Analytics, pode-se inserir um tempo “x” para definir se o usuário está ou não engajado com a página de destino apresentada. Sendo assim, as validações de futuros cliques e navegações dentro do site são descartadas e passa a ser valido o tempo mínimo que o usuário deve permanecer na página para não ser considerado um “Bounce”.

 No código, devem ser feitas poucas alterações, apenas uma inserção de linha é necessária:

 

Onde UA-XXXXXXXX-1 é sua ID de Acompanhamento e na linha em negrito deve-se ser alterado o valor em segundos que considere de fato um tempo válido para um usuário engajado, podendo por exemplo, alterar para 15 segundos:

setTimeout("_gaq.push(['_trackEvent', '15_seconds', 'read'])",15000);

Se você está usando a versão padrão do GA, sua Taxa de Rejeição são apenas usuários que não foram adiante em sua página, isto é apenas uma métrica, não significa uma boa ou má noticia. Na próxima vez que fores analisar o Bounce Rate, pense no seu objetivo com este número e a sua forma de interação entre o usuário, o site e o objetivo do script.

Quer debater um pouco sobre Bouce Rate? Diga-nos o que você acha desta métrica e como você implementa o código no seu negócio!

 

 

Tiago Flores Dias
Tiago Flores Dias Sobre o(a) autor(a)
Consultor de Marketing Digital, Growth Hacker e Empreendedor com mais de 18 anos de experiência de mercado, apaixonado por inovação e líder de uma das maiores agências de marketing digital de performance do país.

Siga-me


cadastre-se e receba novidades