Foto Mark Zuckerberg - Facebook surpreende com nova missão e anuncia ferramentas para criação de comunidades

“ dar às pessoas o poder de criar novas comunidades e aproximar o mundo.”

Não, não é a volta do Orkut. Na verdade essa é a nova missão do Facebook para a próxima década, e com certeza, foi uma das frases mais marcantes ditas por Mark Zuckerberg no primeiro encontro de comunidades presentes na plataforma, que aconteceu na última quinta-feira(22) em Chicago, EUA.

Buscando formas, desde o início do ano, de diminuir a circulação de notícias falsas e discursos de ódio dentro da rede, Zuckerberg já anunciou diversas mudança para tornar o conteúdo que circula dentro do Facebook mais seguro. Mas agora foi a vez de virar o jogo, não criando meios somente para amenizar o impacto dos conteúdos negativos, como também encontrando maneiras de aumentar a circulação de conteúdos positivos na sua plataforma, através da criação de comunidades.

Para isso, o Facebook resolveu apostar e dar mais poder aos administradores de grupos, acreditando que assim será possível reunir os usuários em torno de interesses em comum, aproximando as pessoas para que elas tenham dentro do Facebook uma rede de apoio.

Esse poder aos administradores virá em forma de novas ferramentas dentra da plataforma, que devem facilitar no gerenciamento dos grupos e expandir as comunidades.

Conheça as novas funcionalidades:

Insights de Grupo

Assim como os anunciantes, agora os administradores de grupos terão acesso a métricas em tempo real, podendo acompanhar crescimento, integrantes, números de posts e horários de maior engajamento.

Filtro para pedidos de associação

Permitirá aos administradores ordenar e selecionar as solicitações através de filtros como localização e gênero, permitindo responder ou negar as requisições mais rapidamente.

Publicações agendadas

Vai permitir aos administradores e moderadores de grupos criar publicações a qualquer momento e agendá-las para qualquer dia e horário.

Remoção de membros

Os administradores poderão banir de uma única vez os membros mal intencionados e todo o conteúdo produzido por eles no grupo, como postagens e comentários, além de ter a opção de excluir outras pessoas adicionadas por eles.

Recomendações de Grupos

Ainda em fase de testes, essa funcionalidade irá permitir que os administradores recomendem outros grupos similares aos membros do seu próprio grupo. Reforçando a ideia de criar grandes comunidades.

Recomendações de grupo - Facebook surpreende com nova missão eanuncia ferramentas para criação de comunidades

 

Com as novas ferramentas, a meta do Facebook é transformar os atuais 100 milhões de membros de grupos significativos dentro da rede, em 1 bilhão. Ou seja, o que se espera é que em breve pelo menos metade de todos os usuários ativos do Facebook estejam inseridos e participativos em grupos.

A mensagem de Mark Zuckerberg quanto ao propósito de tudo isso é clara e aparentemente bastante nobre:

“ Uma missão não é apenas uma declaração. É uma filosofia de nuances e esperanças para o mundo. Vamos cumprir nossa missão não através da repetição de uma declaração, mas do trabalho que cada um de nós faz a cada dia. Se podemos construir comunidades e unir as pessoa, então podemos mudar o mundo.”

Ninguém mais duvida da influência do Facebook na construção das relações e da sociedade moderna. Agora é esperar pra ver se a rede vai mesmo se  transformar em grandes comunidades virtuais como o Facebook espera, na mesma velocidade em que todos nos transformamos em seres conectados através das redes sociais.

 

 

SAIBA MAIS sobre Facebook:

Publicidade no Facebook

Geração de Leads com Facebook Leads Ads

O poder do anúncio no Facebook

Entenda a diferença entre Canvas e Carrossel

 

Daiane Brites
Daiane Brites Sobre o(a) autor(a)

cadastre-se e receba novidades